Plantão - Whatsapp (19) 99259-7214

contato@kingler.com.bricon tel
(19) 3702-1323 | 3792-1323

ARAMES DE LATÃO, ELETROEROSÃO E FIOS DE COBRE NÚ

Início » ARAMES DE LATÃO, ELETROEROSÃO E FIOS DE COBRE NÚ
ARAMES DE LATÃO E FIOS DE COBRE NÚ
ARAMES DE LATÃO E FIOS DE COBRE NÚ

ARAMES DE LATÃO E TOMBACK

Obtido através dos processos de trefilação, oferecemos Arames de Latão (liga 270) e Arames de Tomback (Liga 230) nos formatos redondo e quadrado.

Os arames de latão redondos possuem diâmetro de 0,15 até 3,17 mm, enquanto os quadrados / retangulares podem variar de 1,20 a 2,00 mm. Além disso, a variação também pode ocorrer em virtude da dureza, entre as principais características mole (recozido) ou 1/2 Duro.

Os arames de latão fornecidas pela Kingler diferenciam-se em duas têmperas.

Arames de Latão Mole: Latão Recozido, indicado para trabalhos manuais.

Arames de Latão 1/2 Duro: Indicado para trabalhos que aceitam efeito mola.

As aplicações dos arames de latão podem variar entre diversos segmentos, desde acessórios de bijuterias, aparelhos ortodônticos, cordoalhas, fabricação de molas, grampos, correntes, estampagem a frio (parafusos, rebites, pregos, esferas, arruelas), pinos em geral, etc.

Para as medidas relacionadas temos linhas de estoque a disposição.
Outras dimensões não relacionadas poderão ser fornecidas mediante consulta.

FIOS DE COBRE NÚ

O Fio de Cobre Nú, possui um tom avermelhado e é conhecido pela alta condutibilidade térmica e elétrica. Sua principal utilização está em geradores e transformadores, assim como possui forte atuação na indústria automobilística, construção civil, nos setores de telefonia e informática. Também é muito utilizado para folheação a ouro de bijuterias.

Podemos relacionar 5 características de destaque do fio de cobre:

1 – Ótimo condutor de calor e eletricidade;
2 – Não é corrosivo;
3 – Molda-se facilmente e é muito resistente;
4 – Anti-bactericida, retarda o crescimento de germes que fazem mal à saúde;
5 – Excelente custo benefício.

Calcule o peso aproximado do seu material na página específica de Pesos e Medidas.

ARAMES DE LATÃO PARA ELETROEROSÃO

A Eletroerosão a Fio é um processo para fabricação onde não existe força de corte, pois não há contato entre a ferramenta e a peça a ser usinada. Para que a eletroerosão a fio ocorra é necessário que os materiais envolvidos sejam bons condutores de eletricidade, por isso é utilizado o arame de latão. Tudo isso torna a eletroerosão a fio um processo adequado para atender as exigências atuais de qualidade e produtividade, com grande aplicação na confecção de matrizes para estampos de corte, moldes de injeção, forjaria, cunhagem e fabricação de ferramentas de metal duro.

A eletroerosão a fio baseia-se na destruição de partículas metálicas por meio de descargas elétricas. Este processo começou a ser utilizado para a recuperação de peças com ferramentas quebradas em seu interior. Os princípios básicos da eletroerosão a fio são semelhantes aos da eletroerosão por penetração. A diferença que nesse caso um fio de latão ionizado atravessa a peça submersa em água desionizada, em movimentos constantes, provocando descargas elétricas entre o fio e a peça que cortam o material. O corte a fio é programado por computador e permite os cortes de perfis complexos com exatidão.

Podemos destacar 3 características do arame de latão para eletroerosão:

1 – Ausência de forças de corte e tensões comuns dos processos convencionais de usinagem, pois não há contato físico entre o arame de latão e a peça;
2 – Rápida dissipação de calor, pelo fato de a peça permanecer submersa em líquido;
3 – A dureza do material da peça não tem efeito negativo na velocidade de corte.

A grande vantagem é conseguir peças com formas complexas, superfícies de alta qualidade, praticamente sem distorções ou alterações micro-estruturais.